Tendências: até onde é saudável se deixar influenciar por elas?

Pra quem trabalha ou estuda moda, o pessoal vive falando ~ah você tá sempre de olho nas tendências, né~. Até que sim, estamos. Mas parece que há uma cobrança pra que nós, pessoas da moda, usemos as tais tendências. Todas ao mesmo tempo, de preferência. Independente se tem a ver com a gente.

São as tendências que chacoalham o mundo da moda. De onde as marcas se inspiram . Como que nós vivemos no meio disso tudo? Loucos, né. Todo mês é uma nova coisinha que brota lá no Instagram da Fulana (nossa velha conhecida, todo post se fala dela). Daí o que acontece? Isso mesmo, um vortex se abre no universo e senhor do céu temos que comprar.

Tendências nascem e morrem. Poucas sobrevivem. Será que vale mesmo abraçar tudo que pipoca nas mídias só pra causar? Só pela foto? Quando falamos em saber comprar, é nessa ferida que tocamos.

Imagem: RackBuddy/Reprodução

Eu tava vendo as novidades duma loja online que amo/sou. E aconteceu: me apaixonei por um cinto. Aquele cinto modinha estilo western que foi O acessório do verão no hemisfério norte e blá-blá-blá. Pus no carrinho, respirei e pensei: combina com as minhas roupas?

Óbvio que não combina com as minhas roupas, eu não me visto que nem as minas que vi no Instagram usando o tal do cinto. Mas ficou tão marcado na minha mente que eu queria. Só querer não vale o boleto que a gente paga. Esse é a minha frase motivacional quando tenho que desistir de compra uma modinha que não tem a ver comigo. E funciona, recomendo.

Agora surgiu a moda das boinas. Tudo graças aos desfiles da tríade do apocalipse de tendências: Chanel, Gucci e Dior. Quanto tempo pra tudo virar em boina? Parece que a gente é obrigado a adquirir o item da moda só por ele estar em todos os lugares. Um determinismo do meio, praticamente.

Nisso, muitos falam em usar as tendências ao seu favor. Se é algo que se encaixa no seu estilo, que bom, mais uma opção legal de roupa. Se não faz parte da sua personalidade, pra quê comprar algo que vai servir pra uma foto nas redes sociais? Isso que é ter controle nas decisões de compra. É não sair passando o cartão no crédito pra ser a primeira a usar tal coisa.

 

Não seja refém das tendências. Use a moda a favor da sua autoestima e não se molde por causa dos outros. <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *